Tráfico de Animais Silvestres

O Lugar dela é na Natureza!

17 de novembro de 2016

author:

O Lugar dela é na Natureza!

“O lugar dela é na natureza!”

 Quantas vezes já escutei, quantos ataques, quantas vezes fui chamada de egoísta ou coisa pior. E queria dizer que: “Sim, eu concordo, o lugar dela é na natureza!.

Mas queria te dizer também, que o lugar do homem é na natureza, somos todos seres naturais. Que sim é mais bonito ela voando e que sim ela devia estar livre.

Mas queria muito te perguntar:

Onde temos mata preservada e segura?

Quem está protegendo nossa fauna da caça?

Quem está garantindo áreas de mata e alimentos para eles? Porque a invasão de silvestres nas cidades a procura de alimentos é frequente.

Quem protege contra o tráfico?

Quem educa o cidadão comum? Que é o maior responsável por isso já que financia o tráfico.

Queria te convidar a refletir, estamos todos do mesmo lado, todos pela vida, todos queremos proteger as aves. Sabe, a união faz a força, e do nosso lado, esse daqui que cria com respeito, amor, dignidade. Que adquirimos aves nascidas em criadouro, preservando assim as da natureza, também desejamos um dia ter natureza, poder abrir a janela e ver os bichos silvestres livres em árvores e nos céus.

Mas enquanto tem queimadas, desmatamentos, pouca comida, caça predatória, tráfico desleal e muitas e muitas espécies sendo extintas, podíamos nos respeitar, o que achas?

Enquanto lutamos para que espécies não sejam extintas, vocês batalham para termos um meio ambiente adequado, aumentar a área de preservação, garantia de alimento, equilíbrio e segurança para eles.

Com o ambiente natural em equilíbrio, tráfico controlado, população de espécies livres em níveis seguros , sociedade educada e consciente na gestão de fauna e flora, ai estaremos no estágio de nos unir e pensar nesse paraíso sonhado, nessa natureza que hoje não existe, na fauna e flora em perfeita sintonia com o homem.

Enfim, só queria dizer, que não precisamos brigar, vocês só não entenderam que no fundo, queremos a mesma coisa!

 Adna Dantas

 

error: Conteúdo protegido